quinta-feira, 11 de maio de 2017

Um anúncio e quatro artigos sobre artes e história.

Algumas Datas Comemorativas Relacionadas à Ilustração e Desenhos, Livros e Autores e Quadrinhos e Animação, Parte 1 de 2.

Dia Mundial do Ilustrador / Dia Internacional do Ilustrador: 08 de setembro (Referência: http://datascomemorativas.org/dia-nacional-do-ilustrador-8-de-setembro/).

Dia Mundial do Desenhista / Dia Internacional do Desenhista: 15 de abril (Referência:

Dia Nacional das Histórias em Quadrinhos / Dia do Quadrinho Nacional: 30 de janeiro (Referência: https://www.calendarr.com/brasil/dia-nacional-das-historias-em-quadrinhos/).

Dia Mundial da Animação / Dia Internacional da Animação: 28 de outubro (Referência:

Dia Mundial do Livro e do Direito do Escritor / Dia Internacional do Livro e do Direito do Escritor): 23 de abril (Referência: https://pt.wikipedia.org/wiki/Dia_Mundial_do_Livro_e_do_Direito_de_Autor).

Dia Nacional do Livro Infantil: 18 de abril (Referência: http://mundoeducacao.bol.uol.com.br/datas-comemorativas/dia-nacional-livro-infantil.htm).

Dia Nacional do Escritor: 25 de julho (Referência: https://www.calendarr.com/brasil/dia-do-escritor/).

Dia do Autor Português: 02 de maio (Referência: https://www.calendarr.com/portugal/dia-do-autor-portugues/).

Dia Nacional da Língua Portuguesa: 22 de maio (Referência:

Dia Nacional da Leitura: 12 de outubro (Referência: http://www.calendariobr.com.br/dia-nacional-da-leitura).

Algumas Datas Comemorativas Relacionadas à Ilustração e Desenhos, Livros e Autores e Quadrinhos e Animação, Parte 2 de 2.

Dia da Biblioteca: 09 de abril (Referência:

Dia da Literatura Brasileira: 01 de maio (Referência: https://www.calendarr.com/brasil/dia-da-literatura-brasileira/).

Dia Nacional da Poesia: 21 de março (Referência:

Dia da Biblioteca Escolar: 24 de outubro (Referência:

Dia da Biblioteca: 09 de abril (Referência:

 Dia Nacional do Livro: 29 de outubro (Referência: http://brasilescola.uol.com.br/datas-comemorativas/dia-nacional-livro.htm).
Semana Nacional do Livro e da Biblioteca: 23 a 29 de outubro (Referência: http://www.biblioteca.ufla.br/?page_id=1304).

Dia do Bibliotecário: 12 de março (Referência:  http://sonhodereflexao.blogspot.com/2010/03/12-de-marco-dia-do-bibliotecario.html).

Dia Mundial da Biblioteca / Dia Internacional da Biblioteca: 01 de julho (Referência: https://www.calendarr.com/portugal/dia-mundial-das-bibliotecas/).

Dia Mundial do Escritor / Dia Internacional do Escritor: 03 de outubro (Referência: http://ondda.com/noticias/2016/10/13-de-utubro-dia-mundial-do-escritor).

Dia Internacional do Livro Infantil: 02 de abril (Referência:
https://www.facebook.com/vitoriaonline/photos/a.422923624387352.106694.193740437305673/1472498139429890/?type=3). (colaboração: Elizete Caser via grupo do Facebook Desenho, literatura e pintura / Desenhistas, escritores e pintores de minha autoria)

Se alguém aqui souber de mais alguma data relacionada a esses temas, não deixe de me comunicar!

Curiosidades e Informações do Tratado de Tordesilhas!

Bom, sabem que quando Portugal e Espanha criaram o Tratado de Tordesilhas, que dividia a América do Sul em duas, elas deixaram uma parte de fora, por ser pobre demais.

Em seguida, a Inglaterra, Países Baixos e França chegaram para contestar esse acordo, mas já era tarde demais: Portugal e Espanha já ficaram com a melhor parte do continente!

Fatos e feitos, essas três últimas nações, só para não ficarem sem nada e no prejuízo, decidiram elas mesmas se apossarem da parte do continente sul-americano que restou, batizando-a de planalto das Guianas, onde guiana ou guyaná, em dialeto indígena, significa terra de muitas águas.

A Guiana Inglesa se tornou independente em 1966 e encurtou seu nome para Guiana apenas, a Guiana Neerlandesa se tornou independente em 1975 e se rebatizou como Suriname em alusão à tribo indígena dos Surinem e a Guiana Francesa se tornou estado da federação da França localizado em outro continente em 1946, pelo que não é um país independente, nem mais um território dependente.

Em tempo, existem dois territórios dependentes britânicos na América do Sul: as Ilhas Falkland ou Ilhas Malvinas e Ilhas Geórgia do Sul e Ilhas Sandwich do Sul, as quais não são visíveis a olho nu, nem fazem fronteira com nenhum país nem da América do Sul, nem de nenhum outro continente.

E, finalizando, enquanto Portugal manteve sua porção de terra intacta, a Espanha dividiu a sua em diversas outras, o que explica como e porque o espanhol é o idioma que mais aparece na América do Sul, está certo?

Haverá Sido Um Grande e Grave Erro de Colonização?

Nos demais países lusófonos, a palavra estadunidense é bem comum, assim como nos países hispanófonos, onde a grafia é estadounidense. Já no Brasil, ainda existe a preferência pela palavra original, que é americano. E nos países anglófonos, começando pelos próprios Estados Unidos, eles realmente não costumam utilizar a palavra, onde a grafia é Unitedstatian, preferindo, igualmente, a palavra American.

Muito se discute sobre essa questão toda, considerando que América, originalmente, é o nome de um continente, formado por 35 países, 19 territórios e 8 estados da federação de países de outros continentes. E se falarmos, por exemplo, as capitais americanas, será que estaremos nos referindo somente às capitais dos Estados Unidos ou às capitais do continente em geral?

O nome do país é Estados Unidos da América, ou melhor, ele não tem nome, se América é um nome genérico e não específico, embora o termo América seja utilizado em muitos quadrinhos, livros e filmes dos Estados Unidos em vez do próprio nome mais comum.

Possivelmente, quando os colonos ingleses chegaram ao país, eles disseram que chegaram à América, e, com isso, começou toda essa confusão e encrenca.

Fatos e feitos, quem nasce no Brasil, por exemplo, também é americano, só que sul-americano. Igualmente, quem nasce no Canadá, é norte-americano, tanto quanto quem nasce nos Estados Unidos. E é claro, quem nasce no México e Groenlândia também se chama norte-americano.

Observação: o termo ianque (Yankee em inglês e yanqui em espanhol), embora também seja usado como sinônimo genérico de nativos dos Estados Unidos, na realidade, refere-se aos nativos da Nova Inglaterra ou de um dos estados do norte. Igualmente, o nome gringo se refere a qualquer estrangeiro, principalmente se for alguém caucasiano / ariano / branco vindo de algum país anglófono.

Literatura, Roteiro e Poesia Também São Artes!

Frequentemente, vemos pessoas discriminando os escritores, roteiristas e poetas, como se não fossem artistas. E isso não é somente em português, mas, também, em idiomas como o inglês e espanhol.

Por exemplo, autores de quadrinhos costumam ser discriminados e divididos como sendo escritores e artistas ou roteiristas e artistas.

Acontece que literatura, roteiro e poesia também são artes, já que são manifestações culturais e expressam e transmitem pensamentos e sentimentos. Além disso, artista é uma palavra bem genérica, abrangendo, entre outros, os desenhistas, pintores e compositores.

Definições de Caricatura, Realismo e Design.

Caricatura é uma palavra que vem do italiano, caricatura mesmo, este derivado de caricare, que significa carregar. É um desenho humorístico, que consiste em exagerar os traços físicos de pessoas e personagens, muitas vezes, de forma bem burlesca e grotesca. A caricatura não deve ser, necessariamente e obrigatoriamente, encarada como bullying (intimidação ou valentia em português), embora muitos autores realmente se valham dela para poderem ridicularizar e humilhar alguém real ou fictício.

Realismo é uma palavra que vem da morfologia entre o adjetivo real e o sufixo -ismo. O termo se refere não somente ao desenho, mas, também, a artes como a literatura e pintura. Por exemplo, pode ser um desenho ou pintura de pessoas e personagens mais próxima da realidade. Nesse caso, é como se fosse uma transposição fidedigna e literal de uma foto em uma imagem.

E design é uma palavra que vem do latim, designare, que significa desenvolver ou conceber, ou, ainda, do próprio latim, signum, que significa marca ou sinal (desígnio ou projétil em português). É uma espécie de desenho muito mais técnico do que artístico, sendo, ainda, um tipo de projeto. Uma das características mais marcantes do design é a presença de muitas retas e curvas, principalmente curvas.

São estilos de desenho bem diferentes, mas, ao mesmo tempo, bem interessantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário